O MODO DE VIDA NOS CENTROS URBANOS

1 set

Data: 02/05/07

Por: Natália Alves

Os centros urbanos englobam uma grande variedade de pessoas com seus estilos e culturas variadas. A população nas cidades urbanas vem crescendo ao longo dos anos através do desenvolvimento da industrialização e a crescente oferta e demanda de empregos nestes grandes centros. A diversidade do modo de vida urbano é incomensurável, pois dentro de uma cidade pode-se encontrar diversas manifestações culturais como, por exemplo, a dança, a música e a crença e também uma grande variedade de etnias.

O movimento de transição dos centros rurais para os urbanos é um processo antigo que até hoje vem ocorrendo. As conseqüências deste êxodo rural podem ser observadas na crescente população periférica, na mistura de culturas e etnias, no crescimento geométrico da demanda e aritmético da oferta de empregos e conseqüentemente o aumento do trabalho informal. Outros aspectos relevantes são a carência na educação, no transporte e na saúde.

No Brasil há grandes centros urbanos que enfrentam todas estas questões e um deles é a cidade de São Paulo que segundo o site Ueba é quarta cidade mais populosa do mundo. Tanto São Paulo quanto as outras cidades urbanas do Brasil enfrentam a pobreza. De acordo com o Banco Mundial o número de pessoas que viviam na pobreza, em 2001, no mundo é de 1,10 bilhão. A população periférica cresce não apenas no Brasil, mas em outros países ao redor do mundo e as cidades estão cada vez mais ficando sem estrutura física e qualitativa para abrigar tantas pessoas, gerando problemas como, por exemplo, falta de saneamento básico e moradias precárias.

Outro aspecto que está incluso no modo de vida urbano é a poluição. A cidade de São Paulo é uma das cidades que mais poluem no Brasil com seu parque industrial. A poluição além de agravar o buraco da camada de ozônio também dificulta a convivência nos centros urbanos, pois gera doenças como, por exemplo, bronquites e disenteria. Mas apesar de todos estes percalços a vida nas grandes cidades tem suas compensações, pois as pessoas têm a possibilidade de ter contato com diversas culturas, diversos estilos de vida, têm muitas opções de lazer como, por exemplo, boates e teatros e a cada lugar por onde se passa há milhares de pessoas e vidas para conhecer.

CONSUMISMO E SOLIDÃO NA VIDA URBANA

Os jovens, principalmente os que moram nos centros urbanos, estão vivendo em uma época onde o consumismo está em alta, a banalização da cultura cresce cada vez mais e a tecnologia ocupa quase toda a vida de um adolescente, de classe média, com os horários de estudo, de trabalho, de jogar videogame e de sair com os amigos. Tudo é cronometrado, a vida está muito controlada pelo relógio. Isto ocorre porque a globalização gerou a cultura do efêmero, tudo deve ser consumido agora, no presente, e utilizado até outro produto chamar mais a atenção e apagar o “brilho” do outro fazendo com que a pessoa consuma mais e mais em busca de realizar seus desejos que mudam constantemente.

Muitas vezes os moradores das cidades urbanas como, por exemplo, São Paulo e Rio de Janeiro, têm a impressão de que não “habitam” a cidade onde moram, ou seja, não participam da vida social da cidade, não conhecem os lugares de lazer, pois estão sempre correndo contra o tempo. Esta falta de tempo e a necessidade de consumir cada vez mais diminuem as relações sociais entre as pessoas o que gera a sensação de solidão. Às vezes é difícil compreender o fato de existir a solidão em cidades onde vivem milhares de pessoas, mas Carlos Drummond de Andrade entendia muito bem este “fenômeno” quando escreveu os seguintes versos: “… estou cercado de olhos, de mãos, afetos, procuras. Mas se tento comunicar-me o que há é apenas noite e uma espantosa solidão (A Bruxa)“.

About these ads

5 Respostas para “O MODO DE VIDA NOS CENTROS URBANOS”

  1. lucas angelo dezembro 5, 2008 às 10:36 am #

    sobre vida urbana

  2. nathalia novembro 3, 2009 às 11:58 am #

    essa criadora natália alves ele tem o primeiro nome igaulao meu por isso eu adorei esse texto ate coloquei no meu caderno eu e minhas colegas bom o meu nome é nathalia unica diferença e que o meu nome e com h e o dela nao,eu fis um trabalho para escola com esse texto ta dando sucesso bom eu gosto muito dessa autora thauu bjosss

    • lalai agosto 8, 2012 às 3:01 pm #

      eu tanbem nathalia como são as vidas das pessoas no centro urbano?

  3. ju novembro 9, 2009 às 11:10 pm #

    ok…

  4. suelen novembro 26, 2009 às 1:33 pm #

    enteresante esse modo de vida.e também concordo com a nova lei do estágio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 534 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: